sexta-feira, 29 de maio de 2009

O ESPÍRITO DAS ÁRVORES

Em algum momento um de nós participou de alguma montagem de O Espírito das Árvores. O texto é muito atual, abordando de forma lúdica a necessidade de preservarmos a natureza e as consequências da ação descontrolada e gananciosa do homem. Na montagem abaixo, algum projeto escola que fizemos, Maribel Cánovas, Juvenal Naná, Beto Bellini, Goretti Rissato de Souza e Zéluiz de Oliveira. Texto e direção do Américo Rosário de Souza.



quinta-feira, 28 de maio de 2009






No mesmo período da Mandrágora e decorrente do mesmo processo surgiu A perseguição, com o Du Dias e a Claudia Toledo, espetáculo muito bom que foi importante na formação de ambos.


MUITAS IMAGENS



O trabalho do grupo de iniciação sempre foi muito profícuo. Em 1988 começa a divisão por turmas, separadas pela idade, em horários diferentes. Remontagem de Burgolouco e primeira montagem de Encantos e Magias, texto da Maribel Canovas.







quarta-feira, 27 de maio de 2009

COSA NOSTRA


COSA NOSTRA SURGE FIRME E FORTE.
QUE ÉPOCA BOA: UNIÃO, PARCERIA, RESPEITO MÚTUO, VALORIZAÇÃO.
ENCARAMOS O DESAFIO: DIANTE DO PERIGO, FECHAMOS QUESTÃO E LEVAMOS A MANDRÁGORA AOS PALCOS. MAQUIAVEL ESTÁ RODANDO NO TÚMULO ATÉ AGORA, MAS NOS DIVERTIMOS MUITO E FIZEMOS MUITA GENTE GARGALHAR.
CHICO, ROGÉRIA, TUCA, MARIBEL, HENRIQUE E BETO.

terça-feira, 26 de maio de 2009

RETOMAMOS NOSSA HISTÓRIA





Em 1985 e 1986 começaram as remontagens de Um Conto e Burgolouco. Na época, lançamos Pluft, o fantasminha, de Maria Clara Machado. Posto as fotos das duas montagens de Pluft.
Na primeira foto Maribel, Claudia Toledo, Du Dias, Chico Maiello, Tuca Zanini, Altair Tardelli, Cecilia, Henrique, Zeca Ambrósio (hoje Malembá) e Wilson Feresin.
Na segunda Paulo Mermejo, Américo, Leca Solano, Zeca, Zéluiz, Dulce, um fantasma azul, Goretti, Sara Turcatto e Rodrigo Mazer.
Na terceira foto, Beto Bellini, Rodrigo Mazer, Altair Tardelli, Sara Turcatto e Maribel Canovas

segunda-feira, 25 de maio de 2009

PALCO É PALCO, CENA É CENA,


Como é difícil não estar no palco!
Ver a festa acontecendo, trabalhar para que ela aconteça e não estar em cena para o "gran finale" é muito difícil, é um exercício de desprendimento.
Alguém precisa fazer o trabalho e estamos, então, cumprindo nosso dever cívico.
Deixo a homenagem aos colegas de palco de "O Pedido de Casamento", montagem que agora encerra suas atividades definitivamente, após 14 anos de idas e vindas. Foi muito bom. E muitas coisas boas virão em nossos trabalhos. Prá frente é que se anda!

domingo, 24 de maio de 2009

ATÉ A PRÓXIMA

Terminou ontem, sem um encerramento solene, a 23ª Mostra de Teatro de Sertãozinho, que homenageia o diretor Américo Rosário de Souza.
Desde o dia 13, doze espetáculos no palco do Municipal, um no saguão do teatro, um no Salão mané gaiola e 6 nas praças da cidade trouxeram uma amostragem do panorama teatral brasileiro e internacional.
Para todos os gostos (e bolsos), o evento retoma neste ano sua caminhada para recuperar o volume de público dos bons tempos.
Quem sabe investindo em mais espetáculos infantis ou juvenis criaremos uma nova fatia de público na região?
Obrigado a todos pela presença, público e grupos teatrais. Muito obrigado a todos que trabalharam tanto para que a mostra acontecesse de verdade: Altair, Marcelo, Marcos, Roberto, Renato, Marcela, Marlene, Claudinéia, Jamerson, Edvaldo e Ricardo (equipe do Teatro). Comissão Organizadora, voluntários, Hamilton, a equipe da Hold (antes tarde que nunca), ao amigos do Casarão, Hotel Bombonato, Bar do Pedrão, Fogão Mineiro, Galeto´s e todos que fizeram um pouquinho pelo evento e raramente são reconhecidos, nosso sincero agradecimento. Até a próxima.

sábado, 23 de maio de 2009

Mostra e Amigos 2


Já foi dito neste blog que a Mostra proporciona o reencontro de amigos, e é muito bom rever bons amigos.


Há mais ou menos 10 anos, um pouco mais talvez, eu (Manu) montei com o Everton Bonfim Geni e o Zepelin, naquela época tínhamos muitos sonhos e pretensões sobre o fazer teatral e vivemos intensamente aquele espetáculo. Tenho certeza que todos que participaram, dentro e fora do espetáculo, também se lembram com muito carinho dele.

Hoje vi a Geni na praça. Agora se chama "Bendita Geni", a ideia continua a mesma, mas o visual.... quanta diferença. Ela está profissional, bem acabada, bem dirigida. Foi muito emocionante ouvir o canto de entrada: "Oi cadê Dona Geni? Oi Cadê Dona Geni? Cadê Dona Geni? Cuidado! Que ela boa de guspir!", cantei junto, ri, quase chorei, mas fiquei é muito feliz. Feliz de ver o Everton e sua Cia Teatro de Garagem dando um grande salto em suas carreiras. Parabéns!
A Mostra termina hoje, e já estamos pensando nos amigos do ano que vem.
Eu fiz o jornaleiro da Bendita Geni, na foto estou do lado do atual (em pé primeiro da direita para a esquerda).

TERMINA HOJE...E AMANHÃ!




A MOSTRA TERMINA OFICIALMENTE HOJE NO TEATRO MUNICIPAL, COM A PRESENÇA SENSACIONAL DA FRATERNAL CIA DE ARTES E MALAS-ARTES, APRESENTANDO "AS TRÊS GRAÇAS".


Amanhã, no Esporte Clube Mogiana termina a programação dos espaços alternativos, com Circo Roliude, do grupo sertanezino Os Famosos.

Hoje pela manhã tivemos a apresentação de Bendita Geni, com a Cia de Garagem de Londrina, direção do amigo Everton Bonfim (foto ao lado)

sexta-feira, 22 de maio de 2009

MOSTRA ESTÁ TERMINANDO





A 23ª MOSTRA ESTÁ TERMINANDO.
Hoje a comédia Insônia, da Le Plat Du Jour, com direção do Alexandre Roit, será apresentada no Teatro Municipal. Imperdível. Também os amigos de Tijucas (O Carvalho e Junco) fazem as últimas sessões na praça 21 de abril e no saguão do Teatro.
Postamos algumas fotos da equipe do Teatro Municipal, fundamental para que o trabalho aconteça. Essa gente que você não vê, faz a Mostra que todos aplaudem!!!

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Segue a Mostra - Quinta, 21/05


Aguardamos ainda as postagens de fotos pelos amigos.
A Mostra aproxima-se do seu final: o texto de Gianfranceso Guarnieri, UM GRITO PARADO NO AR, é atração de hoje, oportunidade para revermos Neusa Maria de Souza, atriz de Sertãozinho no elenco.
Amanhã a comédia Insônia estará na cidade e no sábado termina a Mostra com As Três Graças.
Veja também: blog do grupo Anjos da Noite acompanha "O carvalho e o Junco" em Sertãozinho http://blogdoelenco.blogspot.com/



quarta-feira, 20 de maio de 2009

O EVANGELHO SEGUNDO SÃO MATEUS HOJE, QUARTA-FEIRA

GRUPO DELÍRIO CIA. DE TEATRO – apresenta:
O EVANGELHO SEGUNDO SÃO MATEUS
Adaptação do próprio Evangelho e de “O Guardador de Rebanhos”, de Fernando Pessoa, por Edson Bueno
Direção de Edson Bueno
Elenco:
Marcelo Rodrigues, Regina Bastos, Luiz Carlos Pazello, Martina Gallarza, Diego Marchioro, Guilherme Fernandes

SINOPSE DO ESPETÁCULO
Cinco atores que se dizem “padeiros”,ocupam uma cozinha e enquanto fazem o pão, desde a preparação do fermento, o crescimento e o ato de assar, conversam sobre o “Evangelho de São Mateus”. Ao mesmo tempo, dois deles, interpretam a mãe e o filho, extraídos poeticamente do “Oitavo Poema do Guardador de Rebanhos”, de Fernando Pessoa, onde o filho conta para sua mãe que tem um amigo fugido do céu, como o Jesus de Alberto Caeiro (Fernando Pessoa) que lhe conta uma nova possibilidade para uma história tão antiga, que perpétua, como a de Jesus Cristo. À medida que o pão vai sendo feito, a história é contada, não pela ação, mas pela palavra e pela reflexão sobre ela, desde a anunciação até a ressurreição, seguindo o formato poético e filosófico de São Mateus. O público, através da visão dos “padeiros” é convidado a perceber outros aspectos dessa mesma história e ao final é convidado a subir ao palco para, com os atores, montar a ceia da páscoa, tomar vinho, comer o pão feito e refletir livre e abertamente sobre o que foi dito durante o espetáculo.

terça-feira, 19 de maio de 2009

Hoje: Argentina na Mostra de Teatro


La Conspiración de los objetos - Periplo Teatro

O grupo faz uma experiência de “concerto teatral”, na qual três personagens agem a partir de partituras musicais.


Son tres los que tienen que evocar fragmentos seleccionados de una obra que parece eterna.
Inconscientes de ser ratones de experimento interpretarán, en lectura a primera vista, situaciones músico-escénicas que los proyectará como seres del siglo XXI.
Sin mundo soñado y atravesados por circunstancias, herencias, creencias y construcciones que direccionan el comportamiento, operan dentro de los límites de una realidad ya develada, escrita.
Una suerte de espejo roto, de reflejo distorsionado, de imagen trastocada. Autopsia del hombrecito actual, La Conspiración de los objetos lanza a un mundo que solo necesita individuos funcionales.

segunda-feira, 18 de maio de 2009


CACHORRO MORTO
A relação que o personagem principal tem com a matemática faz com que ele se multiplique nos corpos de cinco atores que demonstram as particularidades da doença.
O elenco conta com os atores Aline Filócomo --uma das criadoras do "Prèt-a-Porter 8", de Antunes Filho-- Luciana Paez, Bruno Freire, Thiago Amaral e Maria Amélia Farah.
Bruno sabe de cor todos os países do mundo e suas capitais e também os números primos de quatro algarismos. Luciana gosta do estado de Massachussets, mas não entende nada de relações humanas. Thiago e Maria Amélia adoram relógios, cálculos e verdades absolutas. Aline odeia amarelo e não suporta ser tocada.
Os cinco atores que vivem o mesmo personagem encontram o cachorro da vizinha morto no jardim. Decidem descobrir quem o matou e acabam montando uma "peça de mistério e assassinato". A dificuldade de comunicação é grande, no entanto, a facilidade em matemática traça o caminho para que eles descubram mais do que esperavam.
Como inspiração e veracidade à vida dos portadores da doença, o grupo fez laboratório na AMA (Associação de Amigos do Autista) e buscou observar e dialogar com as pessoas atendidas no local.
FICHA TÉCNICA
Direção e Texto: LEONARDO MOREIRA
Elenco: Aline Filócomo,Luciana Paez,Bruno freire,Thiago Amaral e Maria Amélia Farah.
Iluminação: Marisa Bentivegna
Figurino: William Moreira
Animação e Trilha Sonora: Gustavo Borrmann

sábado, 16 de maio de 2009

Agenda de hoje

10 h Praça 21 de Abril - Desconcertando Cia Zibaldoni
11h Praça Mara Cândida - Que palhaçada - Dalapagarapa
20h30 Teatro Municipal - I Love Neide - Eduardo Martini

Amanhã (domingo)
16h - Praça Cruz das Posses - Desconcertando Cia Zibaldoni
18h - Teatro Municipal - El Hombbre de La Voz Dura - Delta

Mostra na internet


sexta-feira, 15 de maio de 2009

Sexta-feira, dia 15: LA MÍNIMA NA MOSTRA


O espetáculo “à la carte” é pela arte do circo e do palhaço.
O ofício do palhaço é formado por um conjunto de bagagens e filões de origem muitas
vezes contraditória. É necessário saber que alguém só se torna um palhaço
em conseqüência de um grande trabalho, constante, disciplinado e exaustivo, além
da prática alcançada somente depois de muitos anos.
Em outros tempos, o palhaço exprimia a sátira à violência, à crueldade, à condenação
da hipocrisia e da injustiça. O valor do palhaço como observador e crítico do
comportamento humano é ímpar e contundente. Ele é um poeta da ação.
Queremos que o público não deixe de desfrutar do prazer de rir de si próprio.

quinta-feira, 14 de maio de 2009

CIA DOS BONITOS EM SERTÃOZINHO




PELA PRIMEIRA VEZ EM SERTÃOZINHO, A CIA DOS BONITOS APRESENTA NESTA QUINTA DOIS ESPETÁCULOS: SMACK, FOI UM BEIJO TIPO ASSIM E EU NÃO MATEI P...MALUF


A Cia dos Bonitos atua desde 2004 em São Paulo e desenvolve criação e pesquisa em comédia. Reuniu profissionais das artes cênicas com o desejo de produzir seus próprios espetáculos de forma leve e direta, utilizando um humor refinado e inteligente como instrumento de comunicação.
Inicialmente com a intenção de levar o teatro principalmente para um público que não tem o hábito de experimentar este tipo de arte, a Cia, posteriormente, ampliou sua área de atuação e atualmente aguarda aprovação da Lei Rouanet para um projeto de formação de público.

Grupo sertanezino abriu 23ª Mostra





Escrita em 1936, A Casa de Bernarda Alba foi a última obra de Federico García Lorca (1898-1936). O poeta não a viu encenada: um mês depois de uma leitura dramática realizada em Madri, Lorca foi assassinado, nos primeiros momentos do levante militar que culminaria na ditadura de orientação fascista que comandou a Espanha de 1939 a 1975.
A tensão social causada pelos enfrentamentos entre os dois pólos opostos que se alternaram no poder desde 1931 é o pano de fundo de A Casa de Bernarda Alba. A peça, ambientada em uma localidade rural da Andaluzia, está demarcada no espaço interno da casa de Bernarda Alba, matriarca de 60 anos que vive com suas cinco filhas solteiras, a mãe e duas empregadas.




segunda-feira, 11 de maio de 2009

Mostra começa dia 13 de maio




Mantendo uma tradição que vai resistindo ao longo dos anos, durante o mês maio a cidade de Sertãozinho realizará a 23ª Mostra Nacional de Teatro, denominada “Américo Rosário de Souza”. O evento acontecerá entre os dias 13 e 23 de abril, com apresentações no Teatro Municipal Professora Olympia Faria de Aguiar Adami, Clube Mogiana, Salão Mané Gaiola e também na Praça 21 de abril e no distrito de Cruz de Posses.

A Mostra é patrocinada pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Educação e Cultura e direção do Teatro Municipal e realizada por uma Comissão Organizadora especialmente designada para este fim, permitindo que espetáculos de alto nível técnico possam ser oferecidos à população por preços populares: apenas cinco reais para estudantes e compras antecipadas. A venda de ingressos na bilheteria do Teatro Municipal, na Praça Maurílio Biagi s/nº, no centro de Sertãozinho, com informações pelo telefone (16) 3942.4115.



domingo, 10 de maio de 2009

EVERTON BONFIM ESTARÁ NA MOSTRA


Everton Bonfim, de Sertãozinho, estará na Mostra com Bendita Geni, montagem de Londrina.

A Cia. Teatro de Garagem foi fundada em janeiro de 2006, período em que iniciou os ensaios da peça “Bilhete Premiado”. Tendo como pesquisa a criação cênica em espaços alternativos e teatro de rua, já foram montadas outras três peças com o corpo de atores da Cia., são elas: “Em Busca de Suas Criaturas” (2006), “Sociedade do Espetáculo” (2007) e “Bendita Geni” (2008). Atualmente está trabalhando na nova montagem intitulada “De Volta à Platéia”, com estréia prevista para setembro de 2009.

Geni é uma travesti-prostituta que se deita com qualquer um e, por isso, é desprezada pelos supostos cidadãos de bem. Um belo dia aparece um militar poderoso que ameaça dizimar tudo, mas cai de amores por Geni e promete poupar a cidade se ela deitar-se com ele. Geni reluta, a população implora, ela atende. O poderoso chafurda nas suas carnes a noite inteira e parte ao amanhecer. Quando Geni, crente que agora tinha o respeito de todos, se prepara para dormir, começa a gritaria: "Joga pedra na Geni".

sexta-feira, 8 de maio de 2009

ALTERAÇÃO NA PROGRAMAÇÃO

A peça Baião de Dois não virá mais para a Mostra de Sertãozinho, por desistência da atriz do espetáculo.

No dia 16 de maio, sábado, 20h30, teremos a comédia I Love Neide, com Eduardo Martini.

SOBRE O ESPETÁCULO
Abordando temas atuais e divertidos, Neide Boa Sorte 'destila' todo o seu (mau) humor em assuntos como a sinceridade feminina, maus casamentos entre outros. A peça acompanha a trajetória de Neide, desde o encontro com seu futuro marido Waldisney (batizado assim em homenagem a Walt Disney), suas consultas como psicóloga, sua hilária viagem a Salvador, onde por acidente vai parar no trio elétrico de Carlinhos Brown até a descoberta de seus talentos como radialista e "conselheira", além de sua experiência surreal em uma rave. .

- SOBRE A PERSONAGEM
Segundo Eduardo Martini, a personagem Neide Boa Sorte surgiu após uma apresentação no programa de Hebe Camargo, que abriu espaço para que o ator pudesse interpretar um personagem cômico.
A partir daí, sem ter um personagem pronto, Martini baseou-se em algumas características marcantes (como o 'bom' mau humor e os conselhos de pessoas mal intencionadas) de alguns conhecidos, para finalmente dar vida à Neide Boa Sorte.
O sucesso de Neide Boa Sorte é tão grande, que a "psicóloga" ganhou inúmeras comunidades criadas por fãs no Orkut, além de diversos vídeos postados no site You Tube. ·.

- SOBRE EDUARDO MARTINI
O ator e bailarino paulistano Eduardo Martini tem sido visto, desde os 16 anos, atuando, dançando, cantando, dirigindo e produzindo, principalmente nos palcos cariocas. Depois de 10 anos, quando fez o musical 'Não Fuja da Raia', Martini voltou a São Paulo com a comédia 'Na Medida do Possível' que também foi sucesso.
Depois de cursar a Actor's Studio e a prestigiada Alvin Ailey American Dance Theater de Nova York, o ator se destacou por aqui nos espetáculos 'Tango, Bolero e Chá, Chá, Chá' e 'Quem tem medo de Itália Fausta', entre muitos outros. Na TV, fez o apresentador da Gafieira da novela 'O Clone' além de participações na 'Escolinha do Professor Raimundo' e 'Os Normais', entre muitos outros.

- FICHA TÉCNICA
Texto: Pablo Diego e Marcelo Saback

Direção: Clarisse Abujamra
Ator: Eduardo Martini
Participação: Bruno Albertini

Produção e administração SP: Yara Leite/ Adriana Amorim

quinta-feira, 7 de maio de 2009

OLÁ AMIGOS QUERIDOS...

COMO TODOS SABEM, DIA 13/05 É A ABERTURA DA 23 MOSTRA DE TEATRO DE SERTÃOZINHO.
O GRUPO GRAVATÁ-PROSA E VERSO, APRESENTARÁ O ESPETÁCULO "A CASA DE BERNARDA ALBA" DE FEDERICO GARCIA LORCA (esse cara aí do lado).

AS ATRIZES DO ESPETÁCULO SÃO, NA MAIORIA, DO GRUPO DE INICIAÇÃO
AO TEATRO, GRUPO TÃO QUERIDO E TÃO IMPORTANTE PARA MUITOS DE NÓS.

OLHA O ELENCO: Goretti de Souza, Fefa Cornetta, Juliana Heck, Cláudia Toledo, Marcela de Souza, Gianne Santana, Elisabete Maria, Dinha Malaquias, Rosemary de Souza e Aline Rossini.

CONTAMOS COM A PRESENÇA DOS AMIGOS! É DIA 13/05 ÀS 20H30

abraço a todos
ass.: FEFA CORNETTA

terça-feira, 5 de maio de 2009

Amigos de ontem, hoje e sempre


O Samuca não vem este ano! Não deu tempo, mas ele estará conosco ajudando no dia a dia. Seguem comentários do belíssimo espetáculo que ele e o Afonso estão em Uberlândia:


Coletivo Teatro da Margem, grupo formado por alunos e egressos do curso de Teatro, da Universidade Federal de Uberlândia, sob a direção de Narciso Telles, nos proporciona uma experiência gratificante com o espetáculo ‘Canoeiros da Alma’. O trabalho é o resultado de uma pesquisa sobre o universo dos moradores às margens do rio, no Vale do Jequitinhonha.O primeiro ponto favorável ao espetáculo é a concretização da difícil transposição da realidade ribeirinha para o palco, que ganha contornos oníricos, através de uma leitura muito particular do grupo e direção, sintetizando forma e conteúdo com rápidas inserções, como flashes a formar um painel denso, poético e afetuoso do e sobre o universo em questão.

Direção – Narciso TellesElenco – Adriana Moreira, Afonso Mansueto, Camila Tiago, Jhonatan Rios, Lucas Dilan, Marcela Prado, Nádia Yoshi, Priscilla Bello, Samuel Giacomelli, Alba Jacobina.

sexta-feira, 1 de maio de 2009

TEATRO DE RUA NA MOSTRA

PROGRAMAÇÃO DE ESPAÇOS E PRAÇAS
16/MAIO – SÁB 10H "DESCONCERTANDO" PRAÇA 21 DE ABRIL
16/MAIO – SÁB 11H QUE PALHAÇADA! PÇA M. CÂNDIDA
17/MAIO – DOM 15H "TANTAS HISTÓRIAS" MOGIANA
17/MAIO – DOM 16H "DESCONCERTANDO" CRUZ DAS POSSES
18/MAIO – SEG 19H - "A CHAVE E A FECHADURA" Salão Mané Gaiola
19/MAIO – TER 19H "A CHAVE E A FECHADURA" Salão Mané Gaiola
20/MAIO – QUA 9H "QUE PALHAÇADA" CRUZ DAS POSSES
20/MAIO – QUA 10H/15H "CIRCO ROLIÚDE" CRUZ DAS POSSES
20/MAIO – QUA 10H/15H "PALHACESCO" CRUZ DAS POSSES
23/MAIO – SÁB 16H " BENDITA GENI" PRAÇA 21 DE ABRIL
24/MAIO – DOM 15H "CIRCO ROLIÚDE" MOGIANA