sábado, 17 de março de 2012

COINCIDÊNCIA?

Nos anos anteriores, o ator Arthur Zanini sempre comentava que tinha intenção de produzir, em parceria com Américo Perin, uma adaptação de Pedro e o Lobo, usando música e bonecos.
Estréia hoje me SP uma super produção do texto. E, ironicamente, no Teatro TUCA!!!


Uma nova e caprichada encenação de Pedro e o Lobo, a fábula musical do compositor russo Sergei Prokofiev, entra pela primeira vez em temporada em São Paulo, tendo Giulia Gam como narradora que conduz a trama, orquestra com 23 músicos regida pelo Maestro Carlos Moreno, e direção geral de Muriel Matalon. Ainda na equipe de criação: Marco Lima (confecção dos bonecos e assistente de direção), Wagner Freire (iluminação), Alfredo Barbosa (cenografia) e Mariana Veríssimo (adaptação do texto original de Prokofiev).O espetáculo estréia em 17 de março no TUCA (Rua Monte Alegre, 1024), onde será apresentado aos sábados e domingos, às 16 horas.
Em apenas quatro dias de 1936, Sergei Prokofiev (1891-1953) escreveu Pedro e o Lobo, peça que reúne orquestra, mestre de cerimônias/narrador, bonecos e elementos cênicos para contar a história do menino que, ao desobedecer às ordens do avô, enfrenta e captura o lobo que aterroriza a região. Encomendada pelas autoridades russas com a finalidade de aproximar o público infantil da música clássica, Pedro e o Lobo é uma obra que encanta a crianças e adultos em todo o mundo devido à sua inegável graça e leveza.
A fabula musical Pedro e o Lobo é de uma beleza e sensibilidade que nos emociona logo no primeiro acorde. O público vai ouvir um concerto harmônico no qual o brilhante compositor une a música e a dramaturgia de forma singular. Esta união é levada ao extremo, pois quando as notas começam a vibrar, e a voz da narradora nos conduz à historia, sete bonecos nos presenteiam com a magia do teatro: puro entretenimento para qualquer idade.
Cada personagem da história é representado por um instrumento da orquestra, e durante o concerto, às vezes numa pausa, outras junto com a música, as palavras do narrador contam as aventuras de Pedro, do Pássaro, do Gato, do Pato, do Lobo e do Avô, e a platéia ouve suas vozes nos violinos, nas flautas, no clarinete, no oboé, na trompa e no fagote.Temas como o medo, a coragem, os desafios, a amizade são abordados com muita propriedade pelos bonecos incríveis criados por Marco Lima. Numa belíssima produção, o universo erudito se aproxima tranqüilamente de crianças e adultos pelo caminho mais simples: o da emoção.
A orquestra, conduzida pelo excelente maestro Carlos Moreno, foi montada especialmente para esta temporada, e recebe o nome de Almeida Prado um dos mais importantes compositores brasileiros do século XX.
Ficha Técnica
Narradora: Giulia Gam
Maestro: Carlos Moreno
Direção Geral: Muriel Matalon
Adaptação de texto: Mariana Veríssimo
Concepção de bonecos e assistência de direção: Marco Lima
Confecção de Bonecos: Marco Lima , Nonon Creaturas, Inês Sakai
Cenário: Alfredo Barbosa
Iluminação: Wagner Freire
Diretor de cena: Domingos Varela
Construção de cenários: Ono Zone Estúdio Ltda, Fernando Brettas e Diw Rosseti
Diretor de Orquestra: Tarik Dib
Direção de montagem de aéreos: Cia de Estripulias Imagináveis – Gilberto Caetano
Produção Executiva: Carmem Oliveira e Vinícius Rigoletto
Direção de produção: Giuliano Ricca e Radamés Bruno
Administração: Ricca Produções
Realização: Ricca Produções, BR Produdora e Muriel Matalon

Pedro e o Lobo
Estréia:
17 de Março, às 16h
Local: Teatro Tuca (Rua Monte Alegre, 1024)
Horários: Sábados, às 16h – Domingos, às 16h.
Temporada: De 17 de Março a 27 de Maio de 2012
Preços: Sábados: R$ 25,00 – Domingos: R$ 30,00.
Duração: 50 minutos
Lotação: 672 lugares
Classificação Etária: 3 anos
Horário de funcionamento da bilheteria: terça a domingo a partir das 14h, (terças e quartas até as 20h); de quinta a domingo, das 14h até o início dos espetáculos.

Um comentário:

  1. Temos boas intenções, nos falta o tempo. Tuca

    ResponderExcluir